“FAMÍLIAS TAMBÉM ENTRAM EM FALÊNCIA”

Resumo:  Rádio Renascença  programa: “Em nome da Lei” tem hoje como convidado Luís M. Martins, um advogado com livros publicados e uma larga experiência na área das insolvências. Na conversa, moderada pela jornalista Marina Pimentel, participam como é hábito os dois comentadores residentes do programa: o juiz da relação de Lisboa Eurico Reis e o advogado e professor Luís Fábrica.

Este ano, o número de pessoas singulares a requerer ao tribunal que reconheça a sua impossibilidade de cumprir os seus compromissos financeiros já foi superior ao das empresas.Até 15 de Junho, foram mais de 2.000 os particulares a declarar insolvência. Em média, há 17 portugueses que são declarados falidos por dia, segundo o Instituto Informador Comercial. Quase tantos casos como os registados em todo o ano de 2010, em que praticamente já tinha também duplicado o número do ano anterior.

É uma situação limite a que se chega normalmente ao fim de anos com a corda na garganta, a tentar pagar dívidas com novos créditos, mas nem todos chegam ao fim da linha, por culpa grave ou negligência. Filipe investiu numa papelaria para tirar mulher do desemprego. Negócio correu mal. O azar pode bater à porta de quem afinal só estava a tentar endireitar a vida. Casos da vida real recolhidos pela jornalista Fátima Casanova, na zona de Sintra, que vão servir de mote para o debate.

Entrevista: Rádio Renascença

One Comment

  1. Abel Santos Silva

    O trabalho de divulgação e esclarecimento que o Dr. Luís Martins, sobre estas e outras matérias tem vindo a desenvolver de forma incansável e notável, é um contributo louvável de quem tem sérias preocupações sociais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

I agree with the Privacy Policy